Não estamos imóveis
Espanha

Não estamos imóveis – só gostamos de sexo

A viagem havia decorrido sem novidades, com excepção de um ligeiro solavanco. Às primeiras luzes da meia tarde, desembarcaram na capital. Calorosamente recebidos, desfizeram malas. Profissionais consumados, cumpriram deveres.

Bar Canecas recebeu banda com propriedades condutoras. Transmitiram corrente, recarregando pólos. Ares frescos, vestiram tecnologicamente equipados. O sistema, hidratante, até à boca. Embatendo neles, gotas líquidas resvalavam.

Na volta, Gualdina recebeu sinal abrir, leu missiva digital. Buenos ficaram subitamente pálidos. Corria rumor que material em bruto estava a sair bem, iria «rivalizar com melhores». Pacheco sugeriu campanha para prémios enquanto redigia discurso de agradecimento.

Ela gosta de brincadeiras, e é estúpida. Mas ainda quer foder, o tempo todo. Eu também sei o que é uma boa foda. Ela provavelmente vai transar com um monte de caras. Está no site de um porno español hd.